O que fazemos?

Quem somos?

Damos informações sobre direitos e deveres dos cidadãos estrangeiros e apoiamos nas seguintes situações:

  • A regularização (autorização de residência e de permanência, visto de estudo…)
  • O reagrupamento familiar
  • O asilo político.
  • O direito à educação, à saude, à habitação, à segurança social e ao trabalho.

Apoiamos e acompanhamos os trabalhadores na resolução dos conflictos laborais.


Prestamos apoio em situações relacionadas com prisões, tribunais e zona internacional do aeroporto de Lisboa.


Temos uma parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (UNIVA) para orientação e acompanhamento na procura de emprego e na formação profissional.


Organizamos cursos de português, inglês, russo, arabe, crioulo e informática. Organizamos Workshops de dança, percussão, video e outras areas artísticas.


Organizamos encontros interculturais e concertos, no âmbito da defesa dos direitos humanos, com o objectivo de permitir o conhecimento de culturas diferentes e um debate de ideias e experiências.


Organizamos e participamos em debates e exposições sobre a luta dos imigrantes em Portugal, em colaboração com universidades, escolas e outros organismos.


Propomos-nos em organizar muitas outras actividades, nos bairros, nos locais de trabalho e na rua, contando com a tua participação.


Temos um bar aberto e organizamos jantares à volta de gastronomia do mundo, debates, filmes e música de vários países, para promover a confraternização e a vivência intercultural.


Par além das actividades que desenvolvemos com todas as comunidades imigrantes, a nossa associação, pela dinâmica exercida, criou outras áreas de trabalho, nomeadamente o Jornal da SOLIM, o grupo Juventude e mobilidade, o grupo Direito à Habitação, o grupo Mulheres Imigrantes.

Solidariedade Imigrante é uma associação pela defesa dos direitos dos imigrantes em Portugal, de âmbito nacional e sem fins lucrativos, criada em 2001.


Queremos dar a palavra aos imigrantes, uma palavra autónoma e independente, para que sejamos os verdadeiros protagonistas na defesa dos nossos interesses.


Queremos que todos possam exercer os seus direitos, independentemente do país de origem, da religião, da etnia e do sexo, através da luta por direitos iguais.


Pertencemos a várias redes de associações nacionais e internacionais, nomeadamente a Plataforma de Associações de Imigrantes, a Rede de Combate a Exclusão Social e Pobreza, a Plataforma artigo 65 – Habitação para tod@s, a Rede No-Vox; somos ainda um dos promotores do Forum Social Português.


Lutamos diariamente pela autonomia financeira.


Aqueles que ajudamos também ajudam a associação, associando-se e pagando as suas quotas, numa atitude de responsabilização e na criação de um sentimento de pertence.